CFTV

sistemas de segurança e armazenamento de dados, além de soluções completas da nuvem e convergência com voz e CFTV

Trabalhamos com as duas principais tecnologias em sistemas de segurança por câmeras de vigilância (CFTV):

Câmeras IP e Analógicas:

Câmeras Analógicas
Câmeras IP

Câmeras IP: Tecnologia mais moderna de monitoramento, utiliza o protocolo de redes IP (Internet Protocol) para transmitir as imagens digitalizadas.

Câmeras Analógicas: É a tecnologia mais tradicional e que a mais tempo é usada no mercado para monitoramento por videovigilância. Em boa parte das situações seu custo final é um pouco menor que os projetos com Câmeras IP, embora tenha limitações de qualidade da imagem entre outras.

Câmera Dome IP (HDL)

possui equipe especializada em projeto, instalação e manutenção de ambientes monitorados por câmeras que utilizam a tecnologia IP.

As câmeras IP representam hoje a tecnologia mais moderna de monitoramento Elas utilizam o protocolo de redes IP (Internet Protocol) para transmitir as imagens digitalizadas (Com diversas opções de resolução) e são enviadas pela rede (via cabeamento UTP) para o gravador onde as imagens serão armazenadas (NVR) ou para um servidor.

Em geral são mais caras que as câmeras analógicas, porém apresentam grandes vantagens em relação a estas, conforme apresentado abaixo:

Maior resolução das câmeras: A resolução as câmeras IP são de 6 a 20 vezes maior que as câmeras analógicas. Permite um zoom digital muito maior, possibilitando visualização nítida de objetos menores a maiores distâncias.

PoE: Possibilidade de alimentação utilizando o prório cabo da rede através da tecnologia PoE (Power over Ethernet)

Wireless: Os modelos wireless IP possuem desempenho de transmissão bastante superiores aos analógicos.

Acesso remoto: Por serem na verdade dispositivos de rede, as câmeras IP são muito fáceis de serem acessadas remotamente  (com bastante segurança) para visualização pela internet das imagens.

Aplicações inteligentes: As câmeras com tecnologia IP possuem processamento interno das imagens, que permite uma série de manipulações de filtros de cores, ações quando detectados movimentos, programações etc.

Backup: Algumas câmeras IP permitem que se faça backup das imagens na própria câmera, utilizando um cartão microSD. Caso o gravador seja danificado ou extraviado, as imagens possuirão um backup.